Tudo que você precisa saber sobre Hemorroida

Quando se fala na palavra hemorroida muitas pessoas se sentem constrangidas, e isso acaba prejudicando o diagnóstico da doença. Segundo pesquisas atuais, 5 a 12% da população mundial sofrem com esse problema. De acordo com especialistas, alguns hábitos podem contribuir para o surgimento da doença, como ficar muito tempo sentado e fazer muita força ao evacuar.

Quem tem essa doença não precisa se esconder, já que ela é muito comum entre a população e pode ser facilmente tratada. Para acabar com esse problema de uma vez por todas é fundamental buscar ajuda médica e seguir todas as recomendações. A seguir saiba tudo sobre essa doença, como causas, sintomas, tratamento e dicas de como prevenir as hemorroidas.

O que é?                               

A Hemorroida é uma veia localizada em volta do ânus que fica inchada e inflamada, na maioria dos casos causando dor, coceira, irritação e sangramentos na região. As hemorroidas podem surgir internamente ou externamente. As que ficam localizadas na parte externa do ânus são caracterizadas por uma saliência que é facilmente notada. Já as internas ficam dentro do canal anal, mas podem sair após muito esforço físico e evacuações.

As hemorroidas internas costumam causar maior desconforto, principalmente durante a evacuação, pois ficam localizadas no final do intestino grosso. Já as externas que parecem varizes ou pelotas, também causam desconforto, porém os sintomas podem ser mais leves, já que elas se localizam apenas na borda do ânus.

Causas da hemorroida

Diversos fatores podem causar esse distúrbio e na maioria das vezes quem sofre com o problema não sabe o que pode contribuir para o seu aparecimento. Veja a seguir o que pode causar hemorroidas.

  • Constipação intestinal, mais conhecida popularmente como prisão de ventre;
  • Diarreia constante: evacuar muitas vezes pode contribuir para o aparecimento das hemorroidas.
  • Esforço para evacuar: ficar muito tempo sentado no vaso sanitário pode desencadear uma crise;
  • Segurar as fezes com muita frequência, evitando ir ao banheiro quando dá vontade;
  • Obesidade: o excesso de peso pode aumentar a pressão nas veias do local;
  • Gravidez: é muito comum na gestação devido a pressão que o bebê exerce sobre as veias do abdome;
  • Sedentarismo: dificulta a digestão dos alimentos e o fluxo sanguíneo do ânus;
  • Genética: quem tem casos de hemorroidas na família tem mais chances de desenvolver o problema;
  • Dieta com poucas fibras: sem elas o intestino não funciona corretamente;
  • Sexo anal: pode causar fissuras na região que é muito vascularizada e provocar hemorroida;
  • Tabagismo: fumar pode aumentar as chances de desencadear uma crise de hemorroidas, pois o cigarro dificulta a circulação do sangue.

Quais são os sintomas?

As hemorroidas podem causar pouco ou muitos sintomas, mas isso depende do seu tipo. As hemorroidas internas são mais difíceis de concluir o diagnóstico, pois o que indica a sua existência é a presença de sangue vivo nas fezes e no papel higiênico após a limpeza. Elas podem causar pouco ou muito desconforto durante a evacuação, mas não são visíveis nem palpáveis. Por isso, ao perceber sangue nas fezes e desconforto é preciso procurar ajuda médica o quanto antes para não agravar o problema.

Os sintomas da hemorroida variam de acordo com cada pessoa e também com o seu tipo, sendo os mais comuns:

  • Dor na região anal ao sentar;
  • Dor e desconforto ao evacuar;
  • Inchaço em volta do ânus;
  • Pequenos nódulos ao redor do ânus;
  • Sangue vermelho vivo nas fezes e no papel higiênico.

Tratamento de hemorroida

Na maioria dos casos, as hemorroidas podem ser facilmente tratadas pelo paciente com algumas mudanças de hábitos. Porém, em alguns casos os médicos também indicam o uso de medicamentos específicos com objetivo de melhorar as crises. Veja abaixo algumas opções de tratamentos que podem ser feitos em casa para ajudar a acabar com a hemorroida e aliviar os sintomas.

  • Pomadas com corticoides para diminuir a dor e o inchaço;
  • Emolientes próprios para ajudar na hora de evacuar;
  • Pomadas para hemorroida, como as que possuem lidocaína que auxiliam no combate a dor;
  • Banhos de assentos para ajudar a aliviar os sintomas;
  • Remédios naturais que ajudam no alívio dos sintomas.

Além dessas opções de tratamento para hemorroida, também é imprescindível procurar um médico especialista para fazer exames específicos para descartar outros tipos de doenças. Além disso, para acabar de vez com o problema é muito importante seguir todas as recomendações que ajudam na prevenção de hemorroida. No entanto, se as crises não apresentarem nenhuma melhora e forem recorrentes, alguns médicos indicam a cirurgia de hemorroida.

Como prevenir hemorroida

Quem costuma ter crises de hemorroida também precisa saber como evitar o problema. Veja a seguir algumas recomendações simples, porém essenciais para evitar o aparecimento dessa doença.

  • Mude a alimentação, incluindo mais fibras e alimentos saudáveis nas suas refeições;
  • Consuma no mínimo 2 litros de água por dia;
  • Pratique algum tipo de atividade física diariamente, por no mínimo 30 minutos;
  • Evite usar papel higiênico com perfume ou colorido. De preferência para lencinhos umedecidos e papel higiênico mais macio;
  • Prefira usar roupas íntimas de algodão;
  • Vá ao banheiro sempre que sentir vontade;
  • Não faça força em excesso na hora de evacuar e não fique muito tempo sentado no vaso sanitário;
  • Mantenha a região anal sempre higienizada;
  • Siga todas as recomendações do seu médico para evitar novas crises.

Remédio caseiro para hemorroida

Além de todas essas dicas para melhorar e prevenir o problema, também é valido apostar nos remédios caseiros que também são muito eficazes. Veja alguns tipos que você pode fazer e usar em casa:

Banho de assento com óleo cipreste

Para fazer esse banho de assento misture em uma bacia já higienizada, 1,5 de água fervente e 8 gotas do óleo essencial de cipreste. Depois disso, sente na bacia e permaneça por 20 minutos.

Banho de assento com castanha da índia

Coloque em uma bacia 2 litros de água fervente, cinco colheres de sopa de castanha da índia  e um punhado de hamamélis. Fique sentado na bacia por 20 minutos.

Pomada caseira de hamamélis

Em uma panela misture 5 colheres de casca de hamamélis e 60 ml de parafina líquida e deixe ferver por 5 minutos. Em seguida, adicione 60 ml de glicerina, misture tudo. Depois disso é só coar a mistura e conservar na geladeira para ir usando durante o dia.

Dica importante!

É importante lembrar que nenhuma dessas dicas e recomendações substitui o acompanhamento de um médico. Por isso, no caso de suspeita de hemorroida, não hesite em procurar um especialista para indicar o tratamento mais adequado para o seu caso.